Valorizamos Profissionais
Desfrute de vantagens únicas Seja Associado

Manuel José Benavente Rodrigues

Comunicações

 BENAVENTE, Manuel (1995/1996): Inventário das Casas de Távora, Atouguia e Aveiro (1758-1759), JC nº 220-227.

 BENAVENTE, Manuel (1996): Carta de Lei de 22 de Dezembro de 1761 sobre a extinção dos Contos do Real Erário, JC nº 232-237.

 BENAVENTE, Manuel (1995): Do Cabedal Procedido da Pimenta, que o Sunda pagou no ano de 1743, das Missangas e dos respectivos juros, JC nº 216.

 BENAVENTE, Manuel (2001): Companhia da Fábrica das Sedas – 2ª administração (1745-1747), Boletim da APECA nº 12.

 BENAVENTE, Manuel; Carvalho, José Manuel Matos; PAIXÃO, Judite Cavaleiro e COCHICHO, Joaquim (2000): Companhia da Fábrica das Sedas – 2ª administration – a case study, 8º Congresso Mundial de Historiadores de Contabilidade, Madrid

 BENAVENTE, Manuel; RODRIGUES, Luciano Manuel e RODRIGUES, Carlos Gustavo (2004): Subsídios para uma Cronologia da História da Contabilidade Pública em Portugal.

 BENAVENTE, Manuel (1998). O Morabitino – Séculos XII-XIII – Um Nobre Antepassado do Euro, I Jornada de História da Contabilidade, APOTEC/ISCAC.

 BENAVENTE, Manuel (1999): 1ª Companhia das Águas de Lisboa – 1857-1863 – Alguns Elementos para uma Contabilidade de Custos, VI Congresso Internacional de Custos “Custos e Estratégia Empresarial”, ADCES, Universidade do Minho e Instituto Internacional de Custos.

 BENAVENTE, Manuel: Contabilidade Pública em Portugal Origens, JC nº 299.

 BENAVENTE, Manuel (2000): Extinction of Erário Régio in 1832, 8º Congresso Mundial de Historiadores de Contabilidade, Academy of Accounting Historians, Madrid

 BENAVENTE, Manuel e RODRIGUES, Luciano Manuel (2002): Contabilidade, Fiscalidade e Primeiros Orçamentos Portugueses.

 BENAVENTE, Manuel (1996), The Royal Exchequer´s Book of Current Accounts with the Capital Proceeding from Pepper that Sonda Paid in the Year 1743, 7º Congresso Mundial de Historiadores de Contabilidade, Academy of Accounting Historians, Canadá

 BENAVENTE, Manuel (1998): Aspectos Financeiros e Monetários de Civilização Portuguesa, Seminário Prolatino de Contabilidade, Belo Horizonte, Conselho Regional de Contabilidade de Minas Gerais.

 BENAVENTE, Manuel (1999): Breve História da Contabilidade Pública Portuguesa, Sessão s/ “Contabilidade, passado, presente e futuro”, INETE Instituto de Educação Técnica.

 BENAVENTE, Manuel (2001): Contabilidade Pública em Portugal até ao séc. XVI,  Exposição “Contabilidade: Evolução e Perspectiva”, IESC.

 BENAVENTE, Manuel (1995): A Contabilidade Pública – Breve Resumo Histórico, JC nº 215.

 BENAVENTE, Manuel (1995): Receita e Despesa Anual da Sereníssima Casa de Bragança (extraída no Ano de 1761), JC nº 217.

 BENAVENTE, Manuel (1995): Receita Anual das Minas do Brasil (extraída no Ano de 1761), JC nº 218.

 BENAVENTE, Manuel (1995): Receita e Despesa Anual da Fazenda Real de Portugal (extraída no Ano de 1761), JC nº 219.

 BENAVENTE, Manuel (1997): Professor Martim Noel Monteiro – Subsídios para uma Biografia, Boletim CEHC nº 1.

 BENAVENTE, Manuel (1998): António Lopes de Sá: Deus quer, o Homem sonha, a Obra nasce, Boletim do CEHC nº 2.

 BENAVENTE, Manuel (1998): Rogério Fernandes Ferreira: Uma Legenda da Contabilidade em Portugal, Boletim do CEHC nº 3

 BENAVENTE, Manuel (1998): Livro de conta corrente da Fazenda Real com o Cabedal Procedido da Pimenta que o Sunda pagou no ano de 1743, JC 251.

 BENAVENTE, Manuel (1999): Aspectos financeiros e monetários do nascimento da civilização portuguesa – o morabitino – Séc. XII-XIII – Um nobre antepassado do Euro, JC nº 270.

 BENAVENTE, Manuel (2000): Entrevistas inimagináveis: o Senhor Marquês de Pombal, Boletim do CEHC nº 8.

 BENAVENTE, Manuel (2000): Extinção do Erário Régio em 1832, JC nº 281.

 BENAVENTE, Manuel (2003): Esteban Hernández Esteve: O mundo da História da Contabilidade, Boletim do CEHC nº 21

 BENAVENTE, Manuel (2002): A Propósito do Hospital Real de Todos os Santos, Boletim do CEHC nº 16